sábado, 19 de junho de 2010

JOSÉ SARAMAGO (1922 - 2010)




Foi só um dia
o dia do adeus,

mas ficaram toda a vida

seus olhos de sol a se pôr nos meus.
.
.
.
.
.
.
.

3 comentários:

EDSON LEAL disse...

Voce meu caro, é um poeta de verdade! gostei! Me diga uma coisa, Saramago era ateu?

tariza disse...

"....a morte de qualquer homem diminui-me, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti”.John Donne

Ficamos mais pobres. No teu Pequeno Inventário das Ausências, acrescente mais uma!

Gerana Damulakis disse...

Intenso olhar!